Pular para o conteúdo

Se for fazer, faça por amor

Faça por amor! Parece clichê, mas se não for com amor, melhor nem começar. Levei um tempo para entender isso na minha vida.

Se for fazer, Faça por amor!

Muitas coisas eu aceitei e fiz por causa dos meus valores de comprometimento, respeito e responsabilidade. Porém, entendi que há momentos inevitáveis que você ficará perdido e sem respostas para tantas perguntas.

Você está vivendo ou já viveu momentos assim, de insatisfação e vazio pessoal e profissional? Momentos em que você até duvida da sua gratidão, pois aparentemente não te falta nada, mas parece que falta tudo?

Pode ser que você se identifique com este post. Então eu o convido a ler até o final. Desejo aqui compartilhar uma emoção puramente minha, de que tem que ser de coração para que algo dê certo:

Qual é a hora de parar?

Quando você intimamente pedir por repostas e neste momento sentir-se angustiado. E sentir que não compreende o rumo que a sua vida está tomando. E você chora!!!!!

Essa é realmente a hora de parar.

Dê a você um tempo sozinho e avalie tudo, sem julgamento, critica ou culpa. Porém, veja com um olhar acolhedor o que realmente está acontecendo e o que você realmente quer. Ter essa consciência vai ajudar você a perdoar a si mesmo e a fortalecê-lo para um posicionamento.

Feito isso, agora é hora de seguir. Seguir com o que você tem e pode, a partir daqui.

Que tal você compreender que todos nós somos merecedores de uma vida de abundância? E o que temos e somos neste exato momento é por merecimento de nossas escolhas e ações? Desta consciência, você concorda que a gente nada pediria, pois está em nossas mãos ter o que desejamos? Sendo assim, pare tudo e, simplesmente, faça o bem com amor!

O que você pode ser daqui para frente?

Ao me observar agora vejo que eu sempre sabia o que dizer. No entanto, hoje eu escolho ouvir em silêncio, pois nesse meu processo de transformação pessoal e profissional eu levei um tempo para compreender que apenas a experiência vivida nos ensina realmente o que é viver.

Daqui para a frente tem que ser por amor e doação. Fazer o bem sem nada esperar. Compreender que somos seres servos, e que o sentido da vida vem quando compreendemos que nada somos se não praticarmos e darmos o amor incondicional.

Daqui para frente pode até parecer simples e óbvio demais, mas temos que fazer o que amamos! E pode acreditar, nem todos conseguem, uma que vez que esse privilégio tem um preço alto que nem sempre as pessoas estão dispostas a pagar. Mas como diz a música:

“Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é”.

“Dom de iludir” – Caetano Veloso

Então o que você pode fazer daqui para frente? ESCOLHAS.

Escolhas

Você se sente sufocado? Sua vida está sem sentido? Não era bem isso que você planejou para a sua vida? Então é exatamente agora o momento da sua escolha!

Quando eu parei de falar e passei a ouvir mais, observei que tem pessoas que escolhem a felicidade, outras que preferem escolher fingir que são felizes. Compreendi também, do meu silêncio, que a minha felicidade não está relacionada à realização material. Quem pensa o contrário deixa-se envolver pelo equívoco.

Há quem relaciona a felicidade ao dinheiro. Penso eu que essas pessoas verdadeiramente são infelizes. Elas até conseguem comprar e comprar, mas nenhuma delas irá adquirir, com o dinheiro, aquilo que não tem preço, o essencial, como por exemplo, a realização íntima que surge quando se faz aquilo que se ama. Essa realização íntima não está e nunca estará à venda.

É por amor!

Não foi sempre assim, mas hoje eu sou feliz porque faço o que realmente gosto. Na verdade, amo o que faço! E posso afirmar que faria tudo outra vez, se preciso fosse. Cometeria os mesmos erros, uma vez que foram a partir deles que me tornei quem sou hoje, e sei que sou uma versão melhorada do que fui antes.

O tempo está me ensinando que fazer o que se ama promove uma emoção de plenitude, que é até impossível de descrevê-la. Eu sinto como se eu estivesse constantemente leve, sincronizada com o universo, vivendo no Nirvana.

Preste atenção no seu momento atual. Não há como ser feliz sem fazer aquilo que ama. Permita-me dizer que a minha relação hoje em ajudar pessoas na coragem de serem elas, é manifestação de puro amor. Uma relação de amor incondicional. Eu diria que ser coach é o que faz sentido à minha vida. E quando eu me for, morrer mesmo, por que eu vou, que seja entre pessoas que tem a coragem de serem elas. E se a coragem delas foi por minha influência , melhor ainda… vou para o céu ou inferno feliz da vida!!!!

O tempo me ensinou que muito mais importante do que o prestigio naquilo que se faz é a gratidão de poder ter realizado o que se ama fazer. Conseguir continuar a minha transformação e evolução, motivada pelo amor ao que faço para que as pessoas tenham coragem de serem elas, acrescenta ao meu entorno uma atmosfera absolutamente inexplicável.

Eu confesso que há muito pouco tempo atrás eu tive obsessão pelo sucesso. Não tem problema algum querer ter sucesso, diga-se de passagem, mas no meu caso vejo que aquilo foi uma “chave” para a minha infelicidade. Demorei a perceber que o sucesso que desejo irá surgir como consequência de algo feito com muito trabalho, dedicação, amor e devoção. Essa relação é, por si só, a receita do sucesso que pode chegar a qualquer momento. E se não chegar, valeu por ter feito o que se ama.

Um dia, ainda criança, adolescente e adulta, eu sempre cumpri todas as exigências que sempre pediram que eu realizasse. O que aconteceu? Um sentimento de vazio, falta de sentido e rumo. Está tudo bem até aqui. Hoje eu tenho uma nova consciência de que se eu continuasse a ser o que diziam para eu ser, eu seria um ser humano profundamente infeliz e consequentemente uma péssima profissional.

Agora é sobre você…

Deixando de lado um pouco da minha história.

  • Você está bem?
  • Você está feliz?
  • Faz o que gosta, o que ama?
  • Está realizada?

No momento, pode ser que essas sejam perguntas sem respostas. Porém, não as deixem para trás, relegadas a planos menores. Na realidade faça com que elas sejam perguntas em plano de destaque, prioridade, em plano primeiro e único na sua vida pessoal e profissional.

Como coach desejo provocar você a se auto observar e fazer aquilo que está dentro do seu ser. Há coisas importantes e outras essenciais. O dinheiro compra o que é importante, mas não o que é essencial.

Alguns me chamam de sem noção. Acho até que supostamente anormal, afinal me rotulam de ser louca, um dia desses fui envolvida pela emoção. Tudo dentro da normalidade da vida como ela é, pois não sou o tipo que diz que sou sempre forte. Entendo que qualquer um pode e deve mostrar a sua vulnerabilidade. E eu sou fraca sim, algumas vezes, e daí? Demorei quase toda a minha vida para compreender que não podem definir por mim quem eu sou. Que amar o que que faço me dá o direito de ser simplesmente quem eu sou.

É sempre por amor, senão nem me chamem mais, porque não irei aceitar!

Hoje, escrevendo esse artigo, estou em lágrimas, envolvida em um sentimento de gratidão e felicidade plena. Tinha que ser dessa maneira, pois assim eu posso dizer a você: faça por amor!

Eu estou feliz por estar feliz. Por estar seguindo o meu coração. Por ter ouvido os sussurros da minha própria alma. Lembro-me, como se fosse hoje, dos vários momentos em que me perguntei: Deus, quando eu irei fazer algo por puro amor, algo que faça sentido na minha vida? Agora não sei qual emoção é a maior: a de gratidão, ou a de ajudar pessoas a terem coragem de serem elas, ou a minha de ter orgulho de ser quem sou.

A humildade, a busca pelo equilíbrio, a simplicidade de mente, corpo e alma, me move. Mais do que isso, esse meu estado proporciona, em mim, uma tranquilidade apenas por amar verdadeiramente o que faço. E o que alcancei agora é mérito próprio, sem a interferência de quem quer que seja.

A todos que passaram pela minha história e aos que ainda fazem parte dela, muito obrigada por me fazer rir e chorar. Ser feliz é um presente indescritível, quando se faz o que se ama. E isso não tem preço. O essencial nenhum dinheiro irá comprar. Com determinação e superação constantes siga o caminho escolhido, pois o mais importante é fazer o que gosta, sempre com muito amor.

Fez sentido?