Pular para o conteúdo

Que tal você perder o medo de doar e parar de camuflar seus sentimentos?

Você se sente usada e que está sempre a serviço de alguém?
Quando entendemos que estamos em processo de transformação e que buscamos todos os dias sermos amados, aceitos, ser parte e sobreviver, você vai entender que sim, nós estamos aqui para sermos “servos”. Acredito que o primeiro pensamento que está vindo a sua cabeça é de que fiquei louca. Mas é isso mesmo! O que faz sentido na vida de todos nós é buscar as nossas realizações em guiar alguém para que possa se realizar. Se não, a vida fica sem sentido. Pare para pensar!

Fique de olho em você! Como você tem servido? O que você entende por uma vida de servidão?

Alguns de meus coachees chegam aqui com o sentimento de que são “usados”, de que estão sempre “disponíveis” e que não recebem nada em troca. Se você faz parte desse grupo, eu preciso alertá-lo: evite vitimizar-se e manter-se sobre uma camuflagem de que você é “usado”. Foi apenas como lhe ensinaram e pode ser uma grande mentira o que você vem acreditando.

Todos nós estamos em busca de uma vida leve e feliz. Não é verdade? Ser feliz, ter leveza ou ter felicidade é um estado de escolha. Mesmo sendo extrovertida e dinâmica, não é sempre que estou feliz. E ser feliz sempre seria um verdadeiro saco. Lembre-se tanto eu quanto você estamos em um processo de transformação.

Você vem de experiências positivas e negativas que lhe tem feito colocar verdades na sua cabeça que podem ser grandes mentiras, ou seja, uma crença. E que muito provavelmente está impedindo você de sair da camuflagem que criou para se proteger. O que você tem esperado quando você é atencioso ou prestativo? Qual é a sua expectativa? O que lhe disseram que é “servir”? E o que você deveria ser ou não ser?

Neste post de hoje eu desejo abordar contigo

  • O que você tem doado?

  • Qual a sua expectativa?

  • Qual é a sua camuflagem?

O que você tem doado?

A doação é o ato de dar um bem próprio a outra pessoa. É oferecer algo sem nenhuma expectativa de retorno. É dar e não esperar nada em troca.

Isso deveria ficar claro para você, pois caso contrário não é doação. É expectativa! A chance de se decepcionar e de se frustrar é muito grande, ao esperar dos outros o mesmo que ofereceu.

A verdade simples é que nós criamos expectativas, pois desejamos sempre ser amados. Em busca de atender as nossas necessidades básicas, ficamos camuflados para nos proteger. Será mesmo que você tem sido um doador ou um expectador? O que disseram para você ser?

A doação nos faz sentir “servos” e não “servidores”. É muito boa a sensação de que eu contribuo. O ato de contribuir nos ensina o quanto precisamos nos envolver e estar na vida um do outro, apenas para amparar e não cobrar. O que eu doo eu sempre recebo em dobro.

Qual a sua expectativa?

Digamos que todas! Já foi a minha também. Porém, hoje eu já não espero das pessoas, o reconhecimento ou a fama. Eu entendi que muitas vezes dei aos outros a responsabilidade de atender os meus valores. E isso foi dar a eles uma carga de responsabilidade muito grande, e que, na verdade, era totalmente minha. Se são os meus valores, sou eu que preciso atendê-los. Não permita que quebrem os seus valores, mas também não dê a eles o poder de lhe dar os seus valores. Você já os tem, apenas precisa atendê-los.

O mesmo eu digo sobre os desejos e sonhos. Se eles são meus, cabe a mim correr atrás de alcançá-los. Quais são os seus sonhos e desejos?

O mesmo são as minhas dores e frustrações. Cabe a mim resolvê-las. O que mais tem tirado o seu sono? Qual a sua dor?

Eu gosto do ditado: “no expectation, no frustration”

Qual a sua camuflagem?

Você tem se protegido do quê e de que maneira? Qual a sua camuflagem para sobreviver?

Por muito tempo, camuflei-me de vítima. O mundo estava contra mim. O sentimento de rejeição, exclusão e comparação me fez acreditar que eu deveria vitimizar. E o que eu ganhei com isso? Muita dor, rejeição, exclusão e comparações.

A prática de ser observador de mim mesma me mostrou a grandiosidade que é doar o meu melhor sem esperar nada de ninguém. Que o milagre da vida é daqui para frente com o que sou e tenho. Perdão é fundamental para você se transformar, reinventando-se todos os dias.

CONFIRA o vídeo de hoje para você trocar ideias comigo. Entenda que ser feliz é além de conquistar algo e que o caminho da doação sempre vai nos trazer leveza e realização. Um pulo delicioso para uma vida feliz.

Você vive no passado, no presente e no futuro

Nem eu e nem você não vivemos no presente, e que é o momento mais significativo para ser feliz. Se você está presa ao seu passado, corre o risco de deprimir, pois vai ficar sempre achando que você apenas irá conquistar a felicidade no futuro. E viver no futuro pode lhe levar à ansiedade.

Convido-lhe a escolher a vida de doação, uma maneira de viver sem camuflagem e de focar no presente, no que você tem agora. Assim, você irá experimentar libertar-se das velhas emoções e dos velhos padrões negativos.

Enfim, proponha-se viver no presente, no agora e saia hoje para contribuir com o que você tem de melhor e irá experimentar que ao doar você receberá em dobro. Imite a natureza! Você já viu uma árvore frutífera produzir seu fruto esperando algo em troca de quem saboreou do seu fruto? E cobrando de que lhe arrancou o fruto maduro e doce? Pois é!

Clique e deixe seu comentário

Fez sentido para você? Eu fico feliz!

Tenha um dia de luz!

Ethel Peternelli