Pular para o conteúdo

Em busca do seu talento

Em busca do seu talentoSou bem repetitiva quando o assunto é a importância do AUTOCONHECIMENTO para que você possa fazer a sua escolha profissional e também a sua transição de carreira tão desejada.

Mais uma vez, convido-lhe a ser leve neste momento! O que significa ouvir mais a sua voz interior. Sem julgamento. Ouvir o que as pessoas têm a dizer a você, sem críticas ou reatividade. Convido-lhe a entender que você tem um belíssimo propósito de vida. Que você tem realizações pessoais, profissionais e financeiras. Que você é, portanto, um inteiro que necessita de equilíbrio.

Então preciso contar-lhe que, por meio do autoconhecimento, sendo observador de si mesmo, você poderá identificar e confirmar seus talentos. Um passo tão importante para se ter clareza do que deseja profissionalmente.

Seu talento é algo nato ou adquirido, isso sempre será uma questão em discussão. Eu, Ethel, acredito, mas não como uma verdade absoluta, que o talento é algo que eu faço com muita facilidade, nato ou mesmo quando é adquirido.

Sou comunicativa e acredito que seja nato. Essa habilidade eu convirjo para alguns talentos, como influenciar pessoas e criar empatia.

Tenho também outras habilidades adquiridas que convirjo em talento com persistência. Elas foram desenvolvidas com os anos, por exemplo, falar em público.

CONVIDO-LHE a observar-se sem julgamento, buscar DESCOBRIR e definir seus TALENTOS para utilizá-los nessa sua busca de clareza profissional e/ou na sua transição de carreira.

É MUITO FÁCIL, BASTA QUERER! Observe-se, pois por mais que pessoas próximas a você digam que você tem um talento, apenas você será capaz de identificá-lo verdadeiramente.

Escreva em uma folha de papel, pois vai ajudar-lhe a focar. O que você gosta tanto de fazer e que tenha dificuldade de parar? Para mim sempre foi FALAR demais. E você? No que você se considera excelente, além da média? Eu, ENVOLVER PESSOAS AO MEU REDOR. E você? O que você naturalmente faz bem e que as pessoas ao seu entorno admiram e declaram ter dificuldade de fazer? Eu, a ESPONTANEIDADE COM MUITO HUMOR. E você? Qual é a habilidade que você se sente mais confiante para desenvolver? Eu, PROMOVER ALEGRIA NAS PESSOAS. E você? O que você faz com tanto prazer que não vê as horas passarem? Eu, CONVERSAR COM PESSOAS PARA CONFORTÁ-LAS OU ANIMÁ-LAS. E você?

Fale a verdade! Foi ou não foi tranquilo e fácil de responder as perguntas? Com isso, mais importante que identificar, será aplicar essas descobertas.

Então, agora, convirja o seu talento nato para a sua vida profissional. Seja autêntico e tenha coragem de amar a si mesmo como você é!